Advertisements

Sintomas de deficiência de vitamina B9 (ácido fólico)

Advertisements

Conteúdo

Os principais sintomas de deficiência de Ácido Fólico (Vitamina B9) são anemia megaloblástica, depressão, irritabilidade, cansaço, perda de apetite etc. Se for deficiente em mulheres grávidas, pode causar defeitos do tubo neural em bebês.

Advertisements

O ácido fólico ou vitamina B9 é uma vitamina solúvel em água que suporta o sistema imunológico, protege o coração, melhora o crescimento e desenvolvimento adequados, eleva o humor e melhora a memória e o processo de pensamento. A insuficiência de uma vitamina tão importante pode causar sérios problemas no corpo.

SINTOMAS DE DEFICIÊNCIA DE ÁCIDO FÓLICO (VITAMINA B9)

Aqui estão alguns sintomas de deficiência de ácido fólico:

Anemia

Ter baixos níveis de ácido fólico no sangue pode causar anemia por deficiência de folato. O ácido fólico, uma vitamina do complexo B, é necessário ao organismo para a produção de glóbulos vermelhos. Esses glóbulos vermelhos transportam oxigênio para os vários órgãos do corpo.

Uma queda no nível de glóbulos vermelhos reduz o fornecimento de oxigênio aos órgãos e causa anemia, que pode fazer você se sentir cansado, pálido e fraco. É importante fornecer regularmente ao seu corpo fontes ricas em ácido fólico para prevenir a anemia. ( 1 )

Causa Depressão

A pesquisa descobriu que o baixo nível de ácido fólico no sangue aumenta o risco de depressão. Além disso, a deficiência de ácido fólico também reduz a eficácia dos antidepressivos.

Corrigir o nível de ácido fólico pode ajudar no tratamento da depressão. Observou-se que os indivíduos tratados com ácido fólico apresentaram melhora no humor do que aqueles que não receberam tal tratamento.

O ácido fólico também está ligado à produção de “substâncias químicas do bem-estar” no cérebro. A falta de ácido fólico reduz a produção de tais substâncias químicas cerebrais, que podem ter um impacto negativo no seu humor e comportamento social. ( 2 )

Aumenta o risco de doença de Alzheimer

A insuficiência de ácido fólico aumenta o acúmulo de peptídeos beta-amilóides no cérebro. Esses peptídeos formam placas no cérebro, que destroem as células cerebrais saudáveis ​​e levam à perda de memória, causando a doença de Alzheimer.

Comer uma dieta rica em ácido fólico retarda o declínio cognitivo e melhora a saúde do cérebro e das células nervosas. Além disso, o ácido fólico interfere na formação de placas amilóides no cérebro e melhora a função cognitiva. ( 3 )

Má saúde do coração

Alto nível de homocisteína causa o endurecimento das artérias e a formação de coágulos sanguíneos. Isso aumenta o risco geral de doenças cardíacas e derrame.

Estudos descobriram que o ácido fólico é eficaz na redução do nível de homocisteína no sangue e, portanto, protege contra doenças cardíacas.

Na ausência de ácido fólico suficiente, o nível de homocisteína no sangue aumenta e causa danos à saúde geral do coração. Portanto, obter ácido fólico adequado é benéfico para o coração. ( 4 )

Problemas de desenvolvimento durante a gravidez

O baixo estado de folato materno está associado a um risco aumentado de defeitos do tubo neural, defeitos congênitos da coluna vertebral e do cérebro. As mulheres que recebem ácido fólico suficiente antes e durante o início da gravidez diminuem o risco de defeitos do tubo neural em seu bebê.

O ácido fólico desempenha um papel importante no desenvolvimento do DNA e na formação e crescimento de tecidos e células. Quando os níveis de ácido fólico são baixos, o crescimento adequado e o desenvolvimento fetal são afetados. Portanto, consumir alimentos ricos em ácido fólico é importante para as mulheres antes e durante a gravidez. ( 5 )

Sistema imunológico deficiente

A deficiência grave de ácido fólico pode prejudicar o sistema imunológico. Esta vitamina é necessária para fazer e reparar o DNA, assim como é necessária para o crescimento e desenvolvimento das células. Uma queda no nível de ácido fólico aumenta a suscetibilidade do DNA a danos. Tal deficiência reduz a produção de células imunes e diminui a resistência a infecções. ( 6 )

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *