Advertisements

Remédios caseiros para infecção por fungos

Advertisements

A candidíase vulvovaginal, também conhecida como infecção por fungos, é uma infecção comum da parte inferior do trato reprodutivo feminino causada pelo crescimento excessivo de fungos ou leveduras chamadas Candida Albicans. Isso resulta em sensação de queimação, coceira e vermelhidão que são extremamente desconfortáveis.

Bactérias de tipo saudável, conhecidas como bactérias lactobacillus, mantêm os níveis de pH da parte inferior do trato reprodutivo feminino e também controlam os níveis de levedura. No entanto, o equilíbrio pode ser alterado devido a diabetes descontrolada, gravidez, antibióticos, aumento dos níveis de estrogênio etc. Afeta principalmente a área genital e também pode se desenvolver sob os seios, sob as dobras da pele, etc.

Advertisements

Um corrimento espesso, branco e inodoro e sensação de queimação ao urinar são os principais sintomas da infecção por fungos. Com poucos remédios caseiros, você pode tratar infecções fúngicas.

Ácido bórico:

Para infecções não complicadas, o ácido bórico atua como um remédio caseiro eficaz. O ácido bórico é um ingrediente antisséptico e antifúngico natural que inibe o crescimento de bactérias e fungos responsáveis ​​por infecções. A forma em pó nunca deve ser aplicada diretamente. É melhor ir para uma cápsula de supositório para tratar uma infecção por fungos.

Como usar?

  • Você pode usar suplementos de ácido bórico para tratar infecções fúngicas. No entanto, as mulheres grávidas não devem usá-lo.
  • Dilua um pouco de ácido bórico em água e aplique sobre a área afetada. Enxágue bem com água. Siga este remédio por não mais de uma semana.

Cuidado:

Não use ácido bórico sem diluir. Você precisa usar ácido bórico em pequenas doses.

Óleo da árvore do chá:

O óleo da árvore do chá atua como um agente antifúngico e ajuda no tratamento de infecções fúngicas. Poucos estudos de pesquisa de laboratório indicaram que o óleo da árvore do chá ajudou a inibir a capacidade de replicação da levedura candida. Também interfere com as funções da membrana da candida. Além disso, o óleo da árvore do chá reduz a capacidade da levedura candida de aderir às superfícies das células humanas. No entanto, as mulheres grávidas não devem tentar este remédio.

Como usar?

  • Dilua o óleo da árvore do chá com um pouco de azeite e esfregue-o sobre a área afetada. Siga este remédio por uma semana para ver resultados eficazes.
  • Você pode até tentar aplicar óleo de melaleuca diluído na parte inferior do trato reprodutivo feminino usando um tipo de aplicador de tampão.

Cuidado:

Você precisa diluir o óleo da árvore do chá com azeite. Você não deve usá-lo diretamente, pois é forte por natureza.

Alho:

O alho possui vários benefícios medicinais. Inibe o crescimento de levedura e trata eficazmente infecções fúngicas. Graças à alicina, pois é útil na redução do crescimento do biofilme e pode até reduzir a capacidade da levedura Candida de reagir a medicamentos antifúngicos comuns. A alicina pode até reduzir a produção de levedura candida, interrompendo sua membrana. No entanto, o alho, quando tomado por via oral, pode não mostrar resultados positivos na contagem de candida.

Como usar?

Dilua o óleo de alho em óleo de vitamina E junto com algumas gotas de óleo de coco. Mexa bem e aplique sobre a área afetada.

Cuidado:

Você deve diluir o óleo de alho com vitamina E ou óleo de coco antes de aplicá-lo na área infectada. Não use óleo de alho sem diluir.

Extrato de semente de toranja:

O extrato de semente de toranja tem propriedades antifúngicas que ajudam a combater infecções fúngicas por candida, matando essas células de levedura. Mantém o equilíbrio da microflora.

Como usar?

Lave a parte inferior do trato reprodutivo feminino. Adicione cerca de dezesseis gotas de extrato de semente de toranja a cerca de dezesseis onças de água. Douche uma vez por dia durante três dias. Repita o mesmo a cada cinco dias subsequentemente.

Cuidado:

Não tente este remédio se estiver grávida, menstruada ou com qualquer irritação, a menos que seja recomendado pelo seu médico.

Iogurte:

Este é um remédio natural eficaz útil no tratamento de infecções fúngicas. Quando o equilíbrio normal do pH é perturbado, a levedura cresce. Leveduras e bactérias não podem sobreviver no ambiente ácido e iogurte ajuda a restaurar seu equilíbrio natural. O iogurte ajuda a restaurar os níveis de pH e gerar peróxido de hidrogênio para matar infecções fúngicas.

Como usar?

  • Você pode tomar uma xícara de iogurte diariamente para manter o equilíbrio ácido sob controle. Aumentar o consumo de iogurte em suas refeições ajuda a matar a levedura candida em qualquer parte do corpo.
  • Aplique uma quantidade generosa de iogurte nas regiões afetadas da pele e deixe por uma hora. Enxágüe-o completamente. Repita este procedimento três vezes por dia e você poderá ver resultados visíveis em menos de uma semana.
  • Mergulhe o tampão em iogurte e insira-o na parte inferior do trato reprodutivo feminino. Deixe-o durante a noite e lave-o no início da manhã. Este é mais um procedimento eficaz para tratar infecções fúngicas.

Cuidado:

O iogurte não tem efeitos colaterais e é, de fato, muito útil no tratamento de infecções fúngicas.

Cranberries:

Suco de cranberry sem açúcar pode ajudar na acidificação das secreções para matar infecções fúngicas. Um composto no suco de cranberry ajuda a evitar que as bactérias se agarrem às membranas mucosas, incluindo o trato urinário, a boca e os intestinos. O suco de cranberry também é eficaz na manutenção dos níveis normais de pH da urina, evitando assim o crescimento excessivo de fungos. Beber suco de cranberry pode ajudar a eliminar o fermento do seu corpo.

Como usar?

  • Para limpar infecções fúngicas, prefira beber suco de cranberry sem açúcar. O suco de cranberry adoçado pode piorar a condição, pois o fermento sobrevive no açúcar.
  • As pílulas de cranberry também estão disponíveis e podem ser tomadas após consultar o seu médico.

Cuidado:

Nunca use suco de cranberry enlatado ou adoçado porque leveduras e bactérias prosperam no ambiente açucarado. Além disso, tome pílulas de cranberry apenas sob orientação do seu médico.

Vinagre de maçã:

O ACV atua como um antibiótico natural para matar bactérias, fungos e outros microrganismos. Ajuda a manter o equilíbrio normal do pH da parte inferior do trato reprodutivo feminino e ajuda a prevenir infecções fúngicas, pois a levedura não pode sobreviver em um ambiente de pH mais baixo.

Ele ainda ajuda a melhorar a boa bactéria na parte inferior do trato reprodutivo feminino e do intestino, além de melhorar a imunidade do corpo para combater infecções fúngicas. Quando tomado por via oral, as enzimas ajudam a tratar infecções fúngicas.

Como usar?

  • Em um copo de água morna, adicione 1 ou 2 colheres de sopa de ACV. Consuma três vezes ao dia e você poderá observar ótimos resultados em poucos dias.
  • Mergulhe um pano ou algodão em ACV (5% ou menos ácido) e coloque-o na parte inferior do trato reprodutivo feminino. Você pode até diluir o ACV se não conseguir tolerar sua sensação de queimação. No entanto, é melhor testar primeiro apenas em uma porção menor da área afetada antes de aplicá-lo na área total afetada.
  • Misture 3 colheres de sopa de ACV em uma xícara de água destilada pura. Use-o para ducha. O processo de Douching ajudará a reduzir seus sintomas, como corrimento e coceira na primeira vez de usar este remédio. No entanto, é melhor conversar com seu médico antes de tentar este remédio.
  • Você pode até mergulhar um tampão no ACV e colocá-lo na genitália por pelo menos 10 minutos. Enxágüe bem e você pode ver uma boa melhora dentro de uma semana.

Cuidado:

Use apenas ACV diluído para tratar infecções fúngicas. No entanto, para garantir que esse remédio funcione para você, experimente-o nas porções menores das áreas infectadas.

Óleo de côco:

O óleo de coco é um excelente remédio no tratamento de infecções fúngicas. As propriedades antifúngicas do óleo de coco podem ajudar no tratamento de infecções fúngicas. Ele também contém ácido láurico que tem várias propriedades na cura de infecções.

Como usar?

O óleo de coco pode ser aplicado topicamente na área infectada. Em primeiro lugar, aqueça ligeiramente este óleo de coco e mergulhe um cotonete. Use este cotonete para aplicar topicamente na área afetada, pois ajuda a controlar o crescimento das infecções fúngicas. Você pode diluir o óleo de coco com proporções iguais de óleo de canela. Você pode até diluir 5-10 ml de óleo de coco com 8 xícaras de água morna e lavar a área infectada. No entanto, você precisa procurar o conselho do seu médico. Alternativamente, você pode ingerir 5 ml de óleo de coco diariamente junto com suas refeições.

Cuidado:

Você pode tentar este remédio, mas certifique-se de que o óleo esteja em temperatura ambiente. No entanto, se você está tendo uma infecção por fungos há muitos dias, é melhor consultar seu médico.

Óleo de orégano:

O óleo de orégano é conhecido por suas propriedades antifúngicas úteis para impulsionar seu sistema imunológico. Além disso, o óleo de orégano tem carvacrol que ajuda a combater infecções fúngicas. Para o tratamento de infecções fúngicas, pode ser aplicado topicamente ou tomado como suplementos.

Como usar?

O óleo de orégano pode causar irritação na pele. Portanto, é melhor diluí-lo com azeite ou qualquer óleo transportador antes de aplicá-lo na área da pele infectada. Ou você pode tomar 1-2 cápsulas de suplemento de óleo de orégano duas vezes ao dia sob a supervisão do seu médico.

Cuidado:

Nunca use óleo de orégano sem diluir, pois causa irritação que pode até piorar sua condição.

Calêndula:

A erva de calêndula tem propriedades antifúngicas e anti-inflamatórias úteis para inibir o crescimento das infecções fúngicas. A calêndula ajuda a fortalecer o fígado e desintoxicar o corpo.

Como usar?

Esmague algumas folhas de calêndula e aplique topicamente na área infectada. Siga este remédio três vezes ao dia para obter resultados eficazes. Alternativamente, você pode até preparar chá de calêndula usando extratos de calêndula.

Cuidado:

As mulheres grávidas devem evitar tomar calêndula por via oral.

Alecrim:

Usar alecrim para inibir o crescimento de infecções fúngicas é uma ótima maneira de tratar essa condição. O alecrim é conhecido por suas propriedades antifúngicas e ajuda a matar os fungos responsáveis ​​por infecções fúngicas.

Como usar?

Você pode preparar chá de alecrim e esfriar. Douche a área infectada com ele para resultados eficazes. No entanto, você pode até mesmo tomar banho de vapor usando ervas de alecrim, que irão profanar a transpiração e ajudar a desintoxicar seu corpo.

Cuidado:

É melhor consultar o seu médico antes de experimentar este remédio para tratar uma infecção por fungos.

Extratos de folha de oliveira:

O extrato de folha de oliveira contém propriedades antifúngicas, antivirais e anti-inflamatórias úteis no tratamento eficaz de infecções fúngicas. Ele ainda ajuda a restaurar as boas bactérias no corpo.

Como usar?

Pique algumas folhas de oliveira e coloque-as em um pote fechado com tampa. Adicione vodka até que as folhas estejam completamente imersas nela. Armazene-o por um período de 3-4 dias em um local fresco e escuro. Coe e aplique na área infectada usando um cotonete. Siga este remédio três vezes ao dia para ver resultados eficazes.

Cuidado:

Você precisa procurar a ajuda do seu médico antes de experimentar este remédio.

Pó de olmo escorregadio:

Slippery Elm pó é eficaz no tratamento da irritação causada por infecções fúngicas. Ajuda a aliviar a coceira quando aplicado topicamente na região infectada.

Como usar?

Pegue 2-3g de pó de olmo e misture com água até formar uma pasta com consistência média. Aplique-o topicamente na região afetada. Você pode até adicionar suco de aloe vera ao pó de olmo escorregadio e aplicá-lo na região infectada. Este remédio não ajuda a matar as bactérias, mas ajuda a aliviar a irritação.

Cuidado:

Dilua o pó de olmo escorregadio antes de usar. Sempre que você tentar qualquer um desses remédios à base de plantas, é melhor consultar seu médico para aconselhamento.

Selo Dourado:

Goldenseal em uma erva incrível com compostos antifúngicos e antibióticos que são úteis no tratamento de infecções fúngicas. O componente ativo conhecido como berberina em goldenseal ajuda a inibir o crescimento das bactérias. Desempenha um papel vital na desintoxicação do fígado e ajuda a estimular o funcionamento imunológico. As raízes de goldenseal ajudam a eliminar infecções fúngicas.

Como usar?

As raízes desta erva são usadas para preparar um chá de ervas. Consumi-lo pode ajudar a tratar infecções fúngicas, inibindo o crescimento de bactérias. O extrato de raiz desta erva também está disponível em uma mistura líquida. Tome 2-3 gotas de extrato de goldenseal em um copo de água. Beba duas ou três vezes ao dia. No entanto, comece a tomá-lo em pequenas doses.

Cuidado:

Se o extrato líquido desta erva for usado em grandes doses, pode prejudicar seu fígado. As mães grávidas e lactantes devem evitar tomar esta erva. Se esta erva for usada em quantidades excessivas, causa náusea. Portanto, consulte o seu médico antes de usá-lo.

Óleo de capim-limão:

As infecções fúngicas criam um biofilme que permite que as bactérias cresçam. O uso de óleo de capim-limão ajuda a destruir esse filme resistente e elimina infecções fúngicas.

Como usar?

Dilua duas gotas de óleo essencial de capim-limão em 10-15 gotas de qualquer óleo transportador. Use esta solução para aplicar na região infectada. Você pode até usar um tampão mergulhado nesta solução para tratar infecções fúngicas.

Cuidado:

Não use óleo essencial de capim-limão sem diluir, pois é forte na natureza.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *