Advertisements

Úvula inchada

Advertisements

A úvula geralmente não é considerada uma parte problemática ou “importante” do corpo.

Advertisements

A maioria das pessoas vê a úvula simplesmente como causa do reflexo de vômito. A úvula às vezes pode ser infectada ou irritada como qualquer outra parte do corpo. Neste artigo, você aprenderá sobre a estrutura física da úvula, bem como as causas, sintomas e possíveis tratamentos para quando ela está irritada.

Sempre procure atendimento médico se sentir dificuldade em respirar ou engolir.

Anatomia e Fisiologia: Úvula.

A úvula é encontrada na parte posterior da garganta, pendurada entre as amígdalas, acima da parte posterior da língua. O músculo que controla seus movimentos é denominado musculus úvulae. A própria úvula contém tecido conjuntivo, glândulas e apenas uma pequena quantidade de fibras musculares.

Funções:

  • Em outras línguas, como francês e alemão, uma função muito importante é o auxílio na fala. O músculo preso à úvula ajuda a produzir sons guturais.
  • Auxilia na deglutição.
  • Contém o reflexo de vômito.
  • Produção de saliva.

Outros sintomas que podem acompanhar uma úvula inchada:

  • Vermelhidão
  • Coceira
  • Queimando
  • Irritação
  • Sensação de que algo está preso no fundo da garganta.
  • Dificuldade para respirar
  • Superprodução de saliva
  • Febre

Esses sintomas podem ocorrer até 45 minutos a 24 horas após a causa original. Isso é importante ao fazer o diagnóstico.

Dicas para diagnosticar edema uvular:

  • Lembre-se de que pode ser uma resposta retardada de alergias a alimentos ou medicamentos.
  • Às vezes, pode piorar antes de começar a melhorar.
  • Trate agressivamente se houver dificuldade para respirar ou engolir, mesmo que a causa original ainda seja desconhecida.
  • Examine bem a garganta do paciente antes de tratar, a fim de descartar o bloqueio de objetos estranhos ou lacerações devido a trauma.

Causas da úvula inchada

  • Úvula inchada após amigdalectomia – qualquer coisa que afete as amígdalas pode afetar a úvula também.
  • Uvulite – infecção na úvula – viral ou bacteriana (faringite estreptocócica, que é causada por Streptococcus pyogenes, um tipo de Streptococcus do grupo A.)
  • Boca seca – a úvula e a parte de trás da garganta devem permanecer úmidas ou ficarão irritadas.
  • Refluxo ácido – a pele sobre a úvula não é feita para resistir ao ácido estomacal. A regurgitação pode irritar a pele e causar inflamação.
  • Lesão física na parte de trás da garganta – Qualquer tipo de trauma na garganta pode causar inchaço da úvula.
  • Respirar pela boca devido ao resfriado comum – isso causará boca seca e desidratação na parte posterior da garganta.
  • Alergias – podem incluir alergias alimentares, bem como alergias sazonais.
  • Malformação genética – palete fendido ou malformações de palete mole.
    Trauma mecânico ou térmico
  • Reações químicas – se algum produto químico for ingerido que possa causar danos ao tecido da úvula.
  • Abscesso periamigdaliano – Este diagnóstico é um abscesso na região periamigdaliana, mas a inflamação e a dor podem invadir a região uvular.

Diagnóstico diferencial para encontrar causas de úvula inchada

Existem várias etapas e itens a serem processados ​​quando a úvula inchada é o sintoma principal:

  • Primeiro, lembre-se de seu ABC e concentre-se nas vias aéreas, na respiração e na circulação do paciente.
  • Quando um paciente está estável, você pode começar a ter certeza de que ele tem ou não febre. Isso o ajudará a excluir ou evitar infecções.
  • Se nenhuma infecção for observada, é hora de descartar alergias alimentares perguntando ao paciente o que ele comeu nas últimas 24 horas.
  • Nesse caso, podem ser prescritos anti-histamínicos e possivelmente esteróides, dependendo da gravidade.

Quando devo consultar um médico?

  • Sinais de desidratação
  • Perda de voz
  • Febre
  • Dificuldade em engolir
  • Dificuldade para respirar
  • Qualquer tipo de drenagem observada vindo da úvula ou parte posterior da garganta
  • Dor que não pode ser controlada pelos tratamentos observados.

Tratamentos e remédios caseiros

  • Os médicos podem prescrever esteróides como a dexametasona
  • antibióticos dependendo do diagnóstico encontrado.
  • Se o diagnóstico for anti-histamínico relacionado à alergia, serão administrados
  • A descompressão uvular é um processo de fazer pequenos cortes na úvula para que escorra.
  • Gargarejo: água salgada, iodo, água morna
  • Mantenha-se bem hidratado
  • Bebidas quentes com mel
  • Pastilhas para tosse ou balas duras
  • Sprays para a garganta que entorpecem a garganta
  • Descanso
  • Lascas de gelo
  • Medicamentos sem receita para o alívio da dor, como Tylenol ou Ibuprofeno.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *