Advertisements

Benefícios da Lecitina de Girassol

Advertisements

Conteúdo

Os benefícios para a saúde da lecitina de girassol incluem seus efeitos no corpo como um poderoso antioxidante. Não é geneticamente modificado. Melhora o desempenho esportivo, suporta as funções cardíacas e hepáticas, aumenta a imunidade e protege o cérebro.

Advertisements

Fatos sobre a lecitina de girassol

  • A lecitina é um grupo de lipídios que são extraídos do óleo de girassol, que é então conhecido como lecitina de girassol.
  • Hoje em dia, a demanda por lecitina de girassol vem aumentando porque é considerado um produto não geneticamente modificado (OGM), que é preferido por certos consumidores preocupados com a saúde. É uma alternativa saudável à lecitina de soja, que é um produto OGM.
  • Em outras palavras, ao contrário da lecitina de soja, esse tipo de lecitina é extraído por meio de um procedimento natural, sem adição de produtos químicos, que são prejudiciais à saúde humana.
  • A lecitina de girassol é uma coleção de diferentes fosfolipídios, e os componentes dessa lecitina são semelhantes aos da lecitina de soja.
  • É um emulsificante natural que quebra grandes partículas de gordura em partículas menores e dá uma textura e aparência suaves quando adicionado ao produto.

BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE DA LECITINA DE GIRASSOL

A lecitina de girassol tem um impacto positivo na saúde do coração e no funcionamento do fígado. Benefícios da lecitina de girassol para reduzir a inflamação das células e luta contra o estresse oxidativo. Além disso, também é bom para o sistema nervoso e para o cérebro. Os importantes benefícios para a saúde da lecitina de girassol são os seguintes:

Poderoso Antioxidante

A lecitina de girassol contém alto nível de fosfatidilserina. Este fosfolipídio possui propriedades antioxidantes únicas. Reduz o estresse oxidativo, suprimindo a ação dos pró-oxidantes e aumentando a atividade dos antioxidantes naturais.

A lecitina elimina os radicais livres e os expulsa do corpo. A lecitina de girassol inibe o estresse oxidativo e reduz o risco de doenças causadas pela sobrecarga de radicais livres e alto nível de estresse oxidativo.

Obter antioxidantes suficientes previne as células contra danos e morte e mantém doenças e distúrbios e envelhecimento prematuro afastados. ( 1 )

Melhora o desempenho esportivo

Os principais benefícios da lecitina de girassol é que ela é uma fonte abundante de fosfatidilserina, que combate efetivamente o estresse induzido pelo exercício e previne os danos causados ​​pelo excesso de treinamento.

O uso de lecitina de girassol por desportistas acelera a recuperação, previne dores musculares e melhora o bem-estar geral e a saúde.

Além disso, a fosfatidilserina suprime o cortisol, um hormônio do estresse, que por sua vez protege as membranas musculares contra danos.

Além disso, aumenta a taxa de transporte de glicose para os músculos, o que aumenta a energia e a recuperação após exercícios extenuantes. ( 2 )

Saúde do cérebro

A lecitina de girassol protege a saúde do cérebro. Os fosfolipídios presentes nesta lecitina são essenciais para as células cerebrais. Eles protegem as células cerebrais contra a destruição e aceleram os processos de regeneração.

Além disso, os fosfolipídios presentes na lecitina de girassol reparam os danos causados ​​às células cerebrais e as fortalecem. Melhora ainda mais as funções cognitivas, como memória, concentração e capacidade de pensamento. Também ajuda com condições degenerativas do cérebro, como doença de Alzheimer, demência e doença de Parkinson. ( 3 )

Apoia a Saúde do Fígado

Os fosfolipídios presentes na lecitina de girassol beneficiam a prevenção do acúmulo de gordura no fígado. A fosfatidilcolina, um fosfolipídio presente na lecitina, fortalece as células do fígado, aumenta a remoção de toxinas do corpo que, de outra forma, danificam as células do fígado.

A fosfatidilserina presente na lecitina de girassol possui fortes propriedades antioxidantes. Protege o fígado contra o ataque dos radicais livres, elimina-os e inibe o stress oxidativo.

Além disso, ajuda na regeneração das células do fígado e melhora a estrutura e o funcionamento do fígado. Certos compostos presentes na lecitina previnem o endurecimento do fígado e, portanto, apoiam a saúde ideal do fígado.

Fortalece o Sistema Imunológico

Ter um sistema imunológico forte mantém doenças e enfermidades afastadas. Estudos descobriram que a fosfatidilserina, um fosfolipídio abundantemente presente na lecitina de girassol, tem um valor significativo na terapêutica do câncer e de doenças infecciosas.

Regula a atividade das células imunes que desintoxicam corpos estranhos e toxinas prejudiciais, que de outra forma aumentam o risco de doenças infecciosas.

Promove a fagocitose, um processo no qual as células do sistema imunológico engolem os microrganismos e reduzem o risco de infecções.

Além disso, a fosfatidilserina possui propriedades antioxidantes. Vários radicais livres atacam as células saudáveis ​​do corpo. Devido ao aumento da carga de radicais livres, as células funcionam mal. Isso enfraquece o sistema imunológico e aumenta o risco de adquirir doenças. A fosfatidilserina bloqueia a ação dos radicais livres, neutraliza-os e protege as células saudáveis ​​contra danos e destruição.

A fosfatidilserina presente na lecitina de girassol também suprime o crescimento e a disseminação de compostos pró-inflamatórios e aumenta a função de compostos anti-inflamatórios que protegem o corpo contra danos inflamatórios. ( 4 )

Protege o coração

A lecitina é um emulsificante, que causa a quebra de grandes partículas de gordura e, assim, evita o acúmulo de gordura no corpo.

Isso evita ainda mais o entupimento dos artigos, a formação de coágulos sanguíneos e o bloqueio do fluxo sanguíneo, o que leva a doenças cardíacas e enfraquecimento do coração.

Os benefícios cardíacos da lecitina de girassol é que ela também ajuda a reduzir os altos níveis de colesterol ruim, o que protege ainda mais o coração contra doenças e danos.

Outro mecanismo pelo qual a lecitina pode reduzir o risco de doença cardíaca é diminuindo o estresse oxidativo. A sobrecarga de radicais livres pode oxidar o colesterol LDL para formar LDL oxidado, o que coloca o coração em maior risco de doenças. A fosfatidilserina, um fosfolipídio presente na lecitina de girassol, possui poderosas propriedades antioxidantes que eliminam os radicais livres e inibem o estresse oxidativo.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *