Advertisements

Alergia ao pólen de bétula

Advertisements

Conteúdo

A alergia ao pólen de bétula é conhecida como alergia ao pólen de bétula. Certas proteínas presentes no pólen de bétula causam uma reação exagerada do sistema imunológico. Essas alergias ao pólen são causadas quando o pólen das gramíneas, ervas daninhas e árvores são liberados no ar para fertilizar uns aos outros. Se uma pessoa alérgica ao pólen entrar em contato com ele, seu sistema imunológico reage exageradamente e causa sinais e sintomas de alergia. O corpo então libera imunoglobulina E, um anticorpo que viaja para diferentes células, que liberam uma substância química chamada ‘histamina’ que causa reações alérgicas no corpo. As alergias ao pólen de bétula são piores durante a primavera porque é a época em que as bétulas florescem.

Advertisements

CAUSAS DA ALERGIA AO PÓLEN DE BÉTULA

Aposta V 1:

Uma única proteína chamada ‘Bet V 1’ é responsável pelas alergias ao pólen de bétula. Bet V 1 é um importante alérgeno de pólen que causa alergias tipo 1 ou mediadas por imunoglobulina E. Estudos descobriram que ele atua como um alérgeno apenas quando desprovido de ferro. Se Bet V 1 não se ligar ao ferro, desencadeia reações alérgicas em humanos. Este alérgeno manipula as células T helper 2, células do sistema imunológico que combatem os parasitas. ( 1 )

SINAIS E SINTOMAS DE ALERGIA AO PÓLEN DE BÉTULA

Sintomas respiratórios:

A alergia ao pólen de bétula se torna evidente através de sintomas respiratórios. Aumenta a produção de compostos pró-inflamatórios, o que causa inflamação e afeta a qualidade de vida geral. Os sintomas incluem:

  • Rinite, inflamação do revestimento do nariz
  • Espirros
  • coceira
  • Corrimento nasal
  • Congestão nasal
  • Tosse
  • Chiado
  • Agravamento da asma

Olhos:

A alergia ao pólen de bétula também afeta os olhos. Causa:

  • Conjuntivite
  • Olhos marejados
  • Comichão dos olhos
  • Inchaço do revestimento dos olhos

Sintomas gastrointestinais:

A alergia ao pólen de bétula tem um impacto negativo no sistema gastrointestinal. Causa inflamação da mucosa intestinal, o que pode levar ainda a:

  • Cólicas abdominais
  • Dor de estômago
  • Náusea
  • Diarréia ou fezes moles

Sintomas orais:

Pessoas com alergia ao pólen de bétula apresentam sintomas orais, se não limitarem a ingestão de alimentos desencadeantes. Os sintomas incluem:

  • Coceira da boca
  • Comichão da língua
  • Irritação da garganta
  • Ardência e inchaço dos lábios

DIAGNÓSTICO E TESTES DE ALERGIA AO PÓLEN DE BÉTULA

Histórico médico:

Para confirmar uma alergia ao pólen de bétula, seu alergista pode perguntar sobre os sintomas, quando eles começaram e por quanto tempo persistiram. Explique ao alergista em detalhes se tais sintomas ocorreram pela primeira vez ou se você já os experimentou antes. Informe o seu médico se a gravidade dos sintomas aumentar em uma determinada época do ano, por exemplo, na primavera.

Teste de picada na pele:

Durante este teste, seu alergista irá picar diferentes áreas da pele e inserir uma pequena quantidade do alérgeno. A presença de vermelhidão, coceira ou inchaço no local de inserção do alérgeno após 15 a 20 minutos indica a presença da alergia. ( 2 )

Teste de sangue:

A imunoglobulina E é um anticorpo, que aumenta durante a alergia. Este anticorpo diz às células para liberar certos produtos químicos que causam sintomas de alergia. Se a quantidade de imunoglobulina E estiver alta no sangue, é um claro indicador de alergia.

FATORES DE RISCO

Reação cruzada: Indivíduos que são alérgicos a um determinado alimento cuja proteína é semelhante à proteína do pólen de bétula, aumenta o risco de alergia ao pólen de bétula ( 3 )

Temporada de primavera: a alergia ao pólen de bétula piora e aumenta durante a primavera porque as bétulas estão em flor

TRATAMENTO DA ALERGIA AO PÓLEN DE BÉTULA

Anti-histamínicos:

Os anti-histamínicos são medicamentos que combatem a histamina, uma substância química que provoca os sintomas das reações alérgicas. Esses medicamentos ajudam a aliviar espirros, coriza e coceira.

Sprays nasais:

Os sprays nasais são a primeira escolha de tratamento para a rinite alérgica. Você pulveriza essas drogas em seu nariz e elas ajudam a aliviar a congestão, espirros e coriza. É melhor tomar esses sprays antes do início da temporada de pólen para um melhor controle dos sintomas.

CUIDADO

  • Como outras alergias, o melhor tratamento é evitar o alérgeno. Minimize sua exposição ao pólen de bétula ficando dentro de casa em dias secos e ventosos
  • Não visite jardins, parques ou outras áreas com muitas árvores durante a primavera
  • Evite o trabalho de jardinagem durante as épocas de pico. Peça a outra pessoa para cuidar de tal trabalho
  • Usar uma máscara contra poeira pode ajudar quando você sair de casa
  • Quando a contagem de pólen estiver alta, feche as janelas e portas
  • Durante as temporadas de alergia, limite a ingestão de alimentos crus e opte por alimentos cozidos, por exemplo, legumes cozidos. Cozinhar pode alterar a proteína causadora de alergia

LISTA DE ALIMENTOS A EVITAR

Se você tem alergia ao pólen de bétula, fique longe de:

  • Maçãs
  • Pêssego
  • Damascos
  • Banana
  • Abacates
  • Peras
  • Ameixas
  • Ameixas secas
  • Amêndoas
  • Avelãs
  • Amendoim
  • Sementes de girassol
  • nozes
  • Cenouras
  • Salsão
  • Tomates
  • Batatas

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *