Advertisements

Fratura do quadril

Advertisements

As fraturas de quadril são lesões comuns entre indivíduos idosos que sofreram uma queda. Normalmente, quando ocorrem em pacientes mais velhos, é devido a uma condição crônica de saúde, fraqueza muscular ou visão prejudicada. Também pode ser o resultado do declínio do equilíbrio/coordenação durante a caminhada ou dificuldades para entrar e sair da banheira. Por outro lado, as fraturas de quadril também podem afetar pacientes mais jovens que se envolveram em um acidente ou que se machucaram durante a prática de esportes. Independentemente das circunstâncias, esses tipos de lesões são extremamente dolorosos e afetam todos os aspectos da vida diária. Então, como você pode aprender a reconhecer os sintomas? E quais são as melhores formas de tratamento?

Advertisements

O que é uma fratura de quadril?

Os quadris incluem vários ossos. A  sínfise púbica  está localizada acima da genitália de uma pessoa. É a área onde os ossos púbicos se conectam. Existem também duas articulações esferográficas onde o fêmur (osso da coxa) encontra a  pélvis , bem como a base das vértebras lombares (o  sacro ) e o cóccix (o cóccix), que está conectado ao sacro. Todos esses ossos são mantidos juntos com tendões, músculos e ligamentos. As fraturas de quadril ocorrem quando uma pessoa quebra qualquer um desses ossos.

Depois dos joelhos, os quadris são as maiores articulações do corpo. Eles desempenham um papel importante na sua capacidade de sentar, levantar e andar. Portanto, as fraturas de quadril são lesões graves – e se o paciente for mais velho, elas também podem levar a complicações com risco de vida.

Sintomas de uma fratura de quadril

Existem vários sinais de que você pode ter quebrado um osso nos quadris. Os mais comuns incluem:

  • Ouvindo um som de rachadura quando o osso se quebra
  • Dor intensa no ponto da lesão
  • Dor que pode irradiar para a virilha
  • A incapacidade de se levantar de uma queda
  • Hematomas e inchaço

Opções de tratamento para fraturas de quadril

A melhor forma de tratamento para uma fratura de quadril dependerá da gravidade da fratura óssea, se os ossos estão alinhados, a idade do paciente e quaisquer condições médicas subjacentes. Os tratamentos mais comuns incluem:

1. Medicação e muletas

Fraturas menores podem curar por conta própria. No entanto, eles ainda causam dor intensa. Seu médico irá prescrever analgésicos, além de pedir repouso por várias semanas e só se deslocar de um local para outro de sua casa com o uso de muletas.

2. Cirurgia

Para ossos desalinhados ou fraturas maiores, seu médico pode ter que realizar uma substituição parcial ou total do quadril. Em alguns casos, o cirurgião pode optar por segurar a articulação com parafusos de metal em vez de substituir a articulação.

3. Fisioterapia

Após a cirurgia, você precisará de fisioterapia para recuperar sua amplitude de movimento, bem como para fortalecer os músculos ao redor das articulações do quadril. Você também pode precisar de um terapeuta ocupacional para ajudá-lo nas atividades da vida diária – como usar o banheiro, tomar banho e se vestir.

Complicações das Fraturas do Quadril

Existem alguns fatores que podem aumentar o risco de complicações. Muitos deles incluem condições de saúde subjacentes, como diabetes (tipos 1 e 2), distúrbios intestinais, infarto do miocárdio e deficiências neurológicas. Isso pode dificultar a recuperação devido a um maior risco de infecção, menor densidade óssea, dificuldade em produzir agentes de coagulação ou aumento do risco de quedas. As complicações mais comuns incluem:

Fatores de risco para fraturas de quadril

Existem várias circunstâncias que podem aumentar o risco de fraturas de uma pessoa. Esses incluem:

  1. Idade:  As fraturas de quadril ocorrem com mais frequência em indivíduos mais velhos devido à diminuição da densidade óssea. Esta é uma faca de dois gumes que também pode levar a problemas de equilíbrio – o que pode aumentar o risco de quedas.
  2. Trauma:  Embora as quedas sejam consideradas traumas, em pacientes mais jovens que não têm problemas de densidade óssea, as causas comuns de fraturas de quadril incluem estar envolvido em um acidente de carro ou receber um golpe forte.
  3. Sexo:  As fraturas de quadril tendem a ocorrer com mais frequência em mulheres. Isso se deve a uma diminuição do estrogênio após a menopausa, o que geralmente resulta em uma menor densidade óssea. Dito isto, os homens também podem sofrer uma fratura de quadril.
  4. Condições crônicas de saúde:  osteoporose, tireóide hiperativa, distúrbios endócrinos ou problemas intestinais podem causar ossos enfraquecidos ou má absorção de cálcio e vitamina D.
  5. Um estilo de vida sedentário:  quanto menos uma pessoa usa seus ossos e músculos, mais fraca ela se torna – especialmente as articulações que suportam peso, como os joelhos e os quadris.
  6. Certos medicamentos:  Certos medicamentos – como a cortisona – são conhecidos por reduzir a densidade óssea quando usados ​​​​a longo prazo. Além disso, outros tipos de medicamentos podem incluir tontura como efeito colateral, o que pode resultar em quedas.
  7. Fumo e álcool:  Consumir tabaco ou beber bebidas alcoólicas em excesso geralmente leva à perda óssea acelerada, tornando-o mais suscetível a fraturas se você cair.

Add a Comment

Your email address will not be published.