Advertisements

Benefícios para a saúde de amoras

Advertisements

Conteúdo

A amora é um famoso alimento funcional que possui valor cosmético, nutritivo e medicinal. É uma fonte concentrada de vitaminas e minerais e contém uma série de compostos promotores de saúde, como ácidos, flavonóides, polifenóis, antocianinas, taninos e glicosídeos que possuem atividades antidiabéticas, anti-inflamatórias, antidiarreicas e antivirais. Além de proporcionar uma série de benefícios para a saúde, as amoras são um ingrediente importante em conservas de frutas, compotas, geleias, produtos de panificação e sobremesas.

Advertisements

BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE DAS AMORAS

A amora é uma dessas frutas irresistíveis que contém a bondade de uma variedade de nutrientes e antioxidantes. Tal composição o torna extremamente saudável e benéfico. Recentemente, muita luz foi lançada sobre os benefícios para a saúde das amoras e alguns deles incluem:

  1. As amoras ajudam na gestão do nível de glicose no plasma e têm propriedades anti-hiperglicémicas.
  2. Eles estimulam o sistema imunológico
  3. Reduzir a inflamação e prevenir infecções.
  4. Além disso, a amora emergiu como um alimento incrível para o intestino.

Vamos dar uma olhada no perfil nutricional completo da amora:

Nutrientes da amora

A amora não é uma fruta densa em energia e contém menos calorias. Isso o torna benéfico para indivíduos que desejam perder peso. Como outras frutas, tem um baixo teor de gordura. Além disso, a amora é uma rica fonte de fibra alimentar que a torna benéfica para indivíduos com alto nível de colesterol e diabetes mellitus tipo 2. É uma boa fonte de várias vitaminas, como carotenóides, ácido fólico (vitamina B9), vitamina C, vitamina K e também contém uma pequena quantidade de vitamina E. Além disso, a amora contém uma variedade de minerais como potássio, cobre, cálcio, magnésio e zinco. O sabor doce desta fruta é devido à presença de açúcares naturais como frutose, glicose e sacarose.

Rico em Ácidos Fenólicos e Flavonóides

Os ácidos fenólicos são metabólitos vegetais que combatem o estresse oxidativo e reduzem o risco de doenças associadas a ele. Vários ácidos fenólicos foram identificados na amora, incluindo:

  • ÁCIDO ELÁGICO
  • ÁCIDO GÁLICO
  • ÁCIDO CAFEICO
  • ÁCIDO CUMÁRICO

Os flavonóides presentes na amora incluem:

  • QUERCETINA
  • MIRICETINA
  • KAEMPFEROL
  • HIPEROSÍDIO
  • CATECINA
  • EPICATECINA
  • EPICATECHIN GALLATE
  • ROTINA
  • ANTOCIANINA

Esses flavonóides protegem contra várias doenças, como doenças cardiovasculares, diabetes, níveis elevados de colesterol e assim por diante. A presença de tantos compostos que promovem a saúde na amora é uma fruta terapêutica.

Rico em carotenóides

Os carotenóides são pigmentos naturais que ocorrem em amoras. Esses carotenóides possuem propriedades de reforço imunológico e, portanto, mantêm as infecções afastadas. Os carotenóides presentes nas amoras incluem:

  • LUTEÍNA
  • LICOPENO
  • ZEAXANTINA,
  • Α-CAROTENO
  • Β-CAROTENO
  • Β-CRIPTOXANTINA

A pesquisa observou que o conteúdo desses carotenóides diminuiu em amoras maduras demais. Para colher os benefícios para a saúde desses carotenóides, deve-se consumir amoras totalmente maduras.

Rico em Antioxidantes

Amoras são uma grande fonte de antioxidantes. Estes antioxidantes têm uma forte propriedade de eliminação de radicais, protegendo assim contra uma série de doenças. Amora contém alta concentração de antocianinas, carotenóides, compostos fenólicos e ácido ascórbico que possuem propriedade antioxidante. No entanto, nota-se que a concentração de alguns antioxidantes, como a vitamina C, diminui em amoras maduras. Portanto, é muito importante consumir amoras em sua fase madura.

Vantagens terapêuticas

A amora tem um grande nome no cenário clínico e muitas observações científicas encontraram efeitos positivos da amora na saúde geral. Aqui estão informações detalhadas sobre os benefícios terapêuticos da amora:

Diabetes Mellitus tipo 2

Tem sido reivindicado por muitas pesquisas que a amora é um agente antidiabético que ajuda na redução do nível de glicose no plasma em indivíduos com diabetes mellitus tipo 2. Indivíduos com diabetes geralmente têm altos níveis de estresse oxidativo. A pesquisa descobriu que a amora é extremamente rica em antioxidantes que eliminam os radicais livres e reduzem os níveis de estresse oxidativo. Isso ajuda ainda a evitar picos súbitos nos níveis de glicose no plasma e os mantém sob controle.

Várias observações científicas até descobriram que os extratos de amora desempenham um papel benéfico em retardar o aparecimento de complicações diabéticas, especialmente a neuropatia diabética (danos aos nervos). Tal efeito de redução da glicose no plasma da amora é atribuído à presença de ANTOCIANINAS, ÁCIDO ELÁGICO, ELAGITANINAS e FLAVONÓIS. Esses compostos bioativos inibem o acúmulo de SORBITOL e são capazes de aliviar as complicações diabéticas. Portanto, comer amoras frescas pode ajudar no controle do diabetes mellitus tipo 2.

Propriedades antioxidantes

Uma pesquisa muito interessante publicada em 2008 observou os efeitos da amora no estado antioxidante do corpo. A pesquisa mostrou que beber suco de amora preparado com água ou leite desengordurado aumentou o nível de ácido ascórbico no corpo, que é um potente antioxidante. Indivíduos que consumiram tal suco apresentaram maior capacidade antioxidante. Tal efeito foi atribuído à presença de antocianinas em amoras. O suco de amora aumentou ainda mais o nível de enzimas antioxidantes no corpo, como a catalase. Todas essas propriedades fazem do suco de amora uma excelente bebida para aumentar o sistema imunológico.

Transtornos de Ansiedade

Os extratos de amora funcionam como um agente anti-ansiedade que ajuda a relaxar e se acalmar e, assim, combater a ansiedade. Uma pesquisa mostrou que, à medida que a dose de extrato de amora aumentava, seu efeito anti-ansiedade também aumentava e vice-versa. Assim, consumir amoras pode ajudar os indivíduos a superar transtornos de ansiedade e depressão. Além disso, as amoras também aumentaram o estado de alerta mental até certo ponto. Além disso, o extrato de amora não teve efeito sedativo e não foi capaz de induzir o sono. Em comparação com os medicamentos anti-ansiedade, a melhor parte das amoras é que ela vem sem efeitos colaterais. Medicamentos anti-ansiedade podem levar ao vício e efeitos colaterais, mas a amora é completamente segura

Previne infecções transmitidas por alimentos

A pesquisa examinou um papel eficaz da amora contra a inibição de patógenos bacterianos de origem alimentar, como E. coli, Salmonella Typhimurium e L. monocytogenes. Além disso, a amora também melhorou o crescimento de bactérias benéficas no intestino. Um estudo observou que uma pequena quantidade de suco de amora pode inibir o crescimento de patógenos transmitidos por alimentos e estimular o crescimento de bactérias saudáveis ​​para o intestino. Tal efeito inibitório da amora é devido à presença de componentes polifenólicos nelas. De todos os compostos polifenólicos, os elagitaninos tiveram a atividade inibitória mais forte contra patógenos de origem alimentar. Esses componentes polifenólicos se ligam à membrana externa das bactérias e inativam seu mecanismo nocivo. Além disso,

Previne a inflamação gástrica

A inflamação gástrica pode aumentar o risco de úlceras gástricas e gastrite. Os conjugados de elagitaninos e ácido elágico são dois polifenóis poderosos que ajudam a reduzir a inflamação gástrica e estão presentes em muito poucas frutas e vegetais. A amora é uma dessas frutas que contém uma quantidade significativa de elagitaninos e ácido elágico. Estes polifenóis têm grandes propriedades anti-inflamatórias.

A pesquisa mostrou que as amoras são capazes de proteger o estômago contra lesões gástricas. Em comparação com a framboesa, o efeito antiúlcera da amora foi maior. Consumir amora também aumenta o nível de enzimas antioxidantes presentes no corpo, como superóxido dismutase e catalase. Essas enzimas antioxidantes protegeram ainda mais o revestimento interno do estômago e reduziram a inflamação.

Em outras palavras, pode-se dizer que a amora inibe a ação do Helicobacter pylori (causador de úlcera gástrica) e espécies reativas de oxigênio em condições inflamatórias. Tal efeito imunomodulador da amora pode proteger contra a úlcera péptica.

Diarréia

A pesquisa descobriu que a amora é um remédio muito eficaz no tratamento da diarréia. Os efeitos antidiarreicos da amora são atribuídos à presença de óleos voláteis, taninos, ácidos orgânicos e ácidos ascórbicos. Todos esses componentes que promovem a saúde acalmam a mucosa inflamada e ajudam na cicatrização rápida.

Propriedades relaxantes

Vários estudos científicos descobriram que a amora tem propriedades medicinais que ajudam a aliviar a dor abdominal e trata infecções intestinais de forma eficaz. A pesquisa descobriu que a amora expele vermes parasitas para fora do corpo e, portanto, protege o corpo contra infecções (atividade anti-helmíntica). Tal atividade na amora é atribuída à presença de fitoquímicos como flavonóides, taninos, saponinas e sesquiterpenos. Esses fitoquímicos possuem propriedades semelhantes às drogas anti-helmínticas, que auxiliam no tratamento de problemas intestinais causados ​​por parasitas. Também demonstrou aliviar a dor e funciona de forma semelhante a um medicamento antiespasmódico. Amora ajuda a relaxar as contrações espontâneas e, portanto, tem um efeito relaxante no intestino. Também elimina todas as toxinas do corpo e, portanto, protege o intestino.

Câncer

A amora é uma fonte abundante de polifenóis, flavonóides e antioxidantes que previne o estresse oxidativo, eliminando os radicais livres nocivos. Essa propriedade da amora ajuda a matar as células cancerígenas e impede sua disseminação para outras células saudáveis ​​do corpo. Também reduz os marcadores pró-inflamatórios e a inflamação geral.

Pesquisas mostraram que indivíduos com câncer que consumiram frutas ricas em antocianina reduziram o dano oxidativo ao DNA e melhoraram o status do sistema de enzimas antioxidantes naturais no corpo. Além disso, as amoras contêm aproximadamente 80% de umidade. A remoção dessa umidade que é vista no caso de amoras secas pode levar à perda de alguns fitoquímicos importantes. Portanto, indivíduos com câncer devem consumir frutas frescas e inteiras para colher seus benefícios.

DIFERENTES MANEIRAS DE DESFRUTAR DE BLACKBERRY

Comer amoras frescas e inteiras é uma maneira incrível de obter alguns antioxidantes importantes, mas também existem outras maneiras de desfrutar desta deliciosa fruta:

  • Coma amoras inteiras e frescas
  • Aprecie a bondade das amoras durante todo o ano em forma seca e congelada
  • Faça um suco refrescante de amora
  • Adicione algumas amoras ao seu sorvete
  • Aproveite os verões com incrível milkshake de amora
  • O smoothie de amora é outra maneira de aproveitar a bondade da amora
  • Faça sua própria geléia de amora
  • A geleia de amora é uma ótima sobremesa
  • Iogurte de amora é completamente irresistível
  • O molho de amora é um acompanhamento incrível para panquecas
  • Adicione algumas amoras frescas à sua deliciosa torta
  • Crianças e até adultos vão adorar geleia de amora
  • Aproveite sua xícara de chá de amora.

COMO SELECIONAR AMORAS

A seleção do tipo certo de fruta é muito importante. Aqui estão alguns pontos que você deve ter em mente ao comprar amora:

  • Compre amoras frescas e suculentas e selecione cuidadosamente as maduras.
  • Cuidado com amoras machucadas e mofadas.
  • As amoras devem ser carnudas e firmes.
  • Amoras frescas têm um aroma muito doce.
  • Preste atenção especial à cor das amoras. Amoras totalmente maduras têm uma cor preto-arroxeada e uma bela aparência brilhante.
  • Amoras amassadas ou podres devem ser imediatamente separadas das frescas.

COMO ARMAZENAR BLACKBERRY

  • Assim que chegar em casa, guarde as amoras em um local fresco. Evite o contato direto com a luz do sol por um longo período de tempo.
  • Lave as amoras antes de comê-las. Armazenar amoras lavadas pode aumentar suas chances de estragar devido ao seu alto teor de umidade.
  • As amoras são suculentas, lavá-las e enxaguá-las diretamente em água corrente pode esmagá-las sob pressão.
  • A melhor maneira de lavar as amoras é colocá-las em uma peneira e mergulhá-las em água fria. Agora na água, agite suavemente o coador e deixe as frutas escorrerem.
  • Amoras que são menos firmes e macias devem ser consumidas em um dia. Não guarde por muito tempo. O armazenamento irá deteriorar a qualidade da amora e não será mais palatável.
  • Amoras firmes e maduras podem ser armazenadas à temperatura ambiente em um local fresco, longe dos raios do sol.
  • Se você quiser armazenar as amoras por 4 a 5 dias, coloque-as na geladeira sem lavar e descobertas em um prato.
  • Se você quiser armazenar as amoras por um período mais longo, congele-as. Para congelar amoras, coloque-as em uma assadeira e espalhe-as. Certifique-se de que as amoras não se toquem.
  • Depois de congelados, transfira-os para um saco hermético ou um recipiente. Você pode facilmente armazenar amoras congeladas por 2 a 3 meses.
  • Você também pode adicionar açúcar às amoras antes de congelá-las. Isso manterá sua textura intacta e ajudará a reter o sabor doce. Lave as bagas e seque-as com a ajuda de uma toalha limpa. Agora adicione um pouco de açúcar e misture delicadamente as frutas até que estejam completamente cobertas com açúcar. Agora congele essas amoras açucaradas. Essas bagas açucaradas podem ser armazenadas por até 9 meses.

DESCRIÇÃO DA FRUTA, HISTÓRIA E ORIGEM DA AMORA

O nome botânico da amora é Rubus fructicosus e é um arbusto muito popular que possui mais de 40 espécies. É um arbusto perene, espesso, de folha caduca, espinhoso e espinhoso; no entanto, algumas variedades são sem espinhos. Acredita-se que a amora é nativa da Armênia e hoje é amplamente cultivada em diferentes áreas da Ásia, Europa e América do Norte e do Sul. Romanos e gregos usavam amoras e suas outras partes como remédios, enquanto os nativos americanos usavam amoras tanto como alimento quanto como remédio. Amoras também são conhecidas como bly, brambleberry, bramble e Brummel.

As amoras são consumidas e amadas globalmente por seu delicioso sabor, sabor, sensação agradável na boca, aparência bonita e vários benefícios à saúde que ela proporciona. As amoras anteriores eram usadas principalmente na preparação de vinhos e licores. Hoje, é consumido na forma crua ou cozida, bem como na forma de xaropes, compotas, geleias e assim por diante. A aparência visual e a cor da amora é um parâmetro importante, que você deve ter em mente ao comprar. Quanto mais escura a cor, maior é a concentração de compostos bioativos como as antocianinas.

No amadurecimento, o teor de antocianinas aumenta tremendamente. Esse aumento também faz com que a cor das amoras mude de verde para preto arroxeado. Além disso, as bagas verdes têm um menor potencial para eliminar os radicais livres e seu potencial antioxidante é baixo.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *